sexta-feira, 27 de maio de 2011

Projeto Pedagógico – 2011

Nome do Projeto: Paz e Bem

Público Alvo: Crianças e adolescentes de ambos os sexos, na faixa etária de 09 a 16 anos, pertencentes às Escolas da Rede Pública.

Local de Funcionamento do Projeto: Na Capela Nossa Senhora Guadalupe, situada na Rua 41, entre as quadras A-19 e A-20, no Setor Jardim Goiás em Goiânia.

Presidente do Projeto: Frei Carlos Antônio da Silva, ofm.

Coordenação Administrativa: Ana Cristina Carneiro dos Passos

Coordenação Pedagógica: Ana Cristina Carneiro dos Passos

1- Justificativa

Diante do contexto social-político-econômico que vivemos, as famílias estão cada vez mais desagregadas do seu papel de educadora, provedora e mantenedora do lar. Os pais para garantir o sustento da família precisam trabalhar, às vezes, com uma jornada exacerbada de trabalho. Em muitos casos o salário não é o suficiente para o sustento básico dos filhos. Com isso, os mesmos ficam impossibilitados de oferecer a seus descendentes uma vida digna, com direitos à educação básica, lazer, cursos de profissionalização e qualidade de vida.

Esta é a realidade da maioria das famílias do Jardim Goiás e Setor Leste Universitário em Goiânia, com as quais trabalhamos.

Sabemos que estas famílias nem sempre são preparadas para lidar com seus filhos: crianças e adolescentes, tendo em vista que a fase da adolescência é marcada pela indecisão do que se busca para a vida. Portanto, se nesta fase os adolescentes não têm um acompanhamento direcionado aos valores da vida, estes ficam à mercê das informações e formações dadas pelo mundo das drogas, da violência, do crime etc.

Neste sentido o Projeto Paz e Bem tem a finalidade de atender este público em situação de vulnerabilidade econômica e social, objetivando contribuir na garantia de seus direitos, através da realização de um trabalho sócio-educativo que desenvolva a autonomia, a socialização e a construção de valores humanos destes educandos.

É também finalidade do Projeto Paz e Bem conduzir o trabalho a partir da identidade cristã, propondo ações humanizadoras, que envolvam educandos, educadores, colaboradores, famílias e pessoas da comunidade em geral (P.E.F.,2008, p. 106).

2 Objetivos

2.1 Objetivo Geral

· Oferecer aos adolescentes oportunidades de acesso aos conhecimentos gerais, profissionalizantes, bem como, as práticas culturais, lazer, tendo como parceiras as famílias, as comunidades e instituições afins.

2.2 Objetivos Específicos

· Proporcionar aos educandos oficinas de iniciação profissionalizante;

· Estimular o envolvimento dos pais, fortalecendo suas competências familiares para acompanhar o desenvolvimento dos educandos;

· Possibilitar aos educandos a interação com os diferentes ritmos de danças, desenvolvendo a expressão corporal, a elevação da auto-estima e da autoconfiança possibilitando-lhes a integração ao seu ambiente sócio-cultural;

· Desenvolver a socialização, a linguagem, a memorização, a coordenação motora, e a expressão facial e corporal, através do conhecimento e desenvolvimento de técnicas;

· Criar um ambiente para os adolescentes sanarem suas dúvidas escolares;

· Colaborar para o desenvolvimento biopsicossocial dos adolescentes através das práticas esportivas e recreativas;

· Propor reflexão de temas relacionados à vivência dos educandos de direitos e deveres sócio-políticos preparando-os para o exercício da cidadania;

· Desenvolver a socialização, interação, amizade e respeito mútuo, assim como habilidades motoras, valorizando o próprio desempenho em situações competitivas desvinculadas dos resultados, através da oficina de jogos;

· Cultivar os valores cristãos, bem como “o zelo, cuidado e respeito ao ambiente e às pessoas” (P.E.F., 2008, p. 109);

· Incentivar o gosto pela a leitura e a escrita;.

· Despertar e cultivar nos educandos o gosto pela língua inglesa.

3- Atividades Propostas

O Projeto Paz e Bem oferece aos seus educandos as seguintes atividades educativas:

· Oficina de reforço escolar;

· Oficina de esporte e lazer;

· Oficina de dança;

· Oficina profissionalizante (informática);

· Oficina de leitura e escrita;

· Oficina de Inglês.

· Encontros periódicos com as famílias dos adolescentes.

Todas as atividades têm como intuito a promoção de um “espaço de vivência dos valores éticos e vivência da humana” (P.E.F., 2008, p. 110).

4 Estratégias/Metodologia

As oficinas terão uma jornada diária de 4 horas, durante cinco dias da semana, de segunda a sexta-feira, com duração de quarenta e cinco minutos cada oficina, atendendo assim aos dois turnos: o matutino para os adolescentes que frequentam a escola formal no período vespertino e; vespertino para os alunos que estudam no período matutino.

Todas as oficinas visam primeiramente o resgate dos valores humanos e em conseqüência a preparação para o mercado de trabalho que serão desenvolvidas da seguinte forma:

· Acolhida diária dos adolescentes oportunizando a eles um ambiente acolhedor e fraterno;

· Todos os adolescentes que permanecerem na entidade fazendo mais de uma oficina em um mesmo período receberão um lanche;

· De forma dinâmica e atraente os educandos terão todos os dias oportunidades de sanarem suas dúvidas acerca das atividades escolares, bem como do aperfeiçoamento da língua inglesa;

· As oficinas de leitura acontecerão três vezes na semana trabalhando contos, poemas, poesias, fábulas e notícias. Primeiramente trabalharemos os exercícios de leitura: silenciosa e em voz alta; expressão corporal, entonação da voz; dramatizações; declamações; memorização organização sequencial de textos; escrita coletiva e individual; elaboração de vários tipos de textos: reconto, resumo, textos livres, comentários, entrevistas, cartazes, postais, convites; construção de textos a partir de imagens, palavras;

· As atividades esportivas, recreativas, lazer e dança, acontecerão duas vezes na semana com a responsabilidade de um profissional da área, onde será trabalhado o desenvolvimento biopsicossocial e a socialização;

· Oficina de Informática oferecida três vezes na semana, proporcionando conhecimentos sobre Word, Excel, Power-point e Internet, bem como a elaboração de requerimentos, ofícios e escrever cartas digitadas.

5- Avaliação

As avaliações acontecem diariamente, após o término de cada atividade. Uma vez ao mês todos os colaboradores do projeto se reúnem para planejamentos e avaliações do que tem sido desenvolvido.

6- Horário Diário de Desenvolvimento das Atividades

Encontra-se anexo:

______________________________________________

Frei Carlos Antônio da Silva, ofm

Presidente

____________________________________________

Ana Cristina Carneiro dos Passos

Coordenadora Pedagógica e Administrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oficina de Pintura em Tela

Oficina de Pintura em Tela
Nossa Primeira Pintura em Tela

Confraternização entre Educadores e Educandos

Confraternização entre Educadores e Educandos
Nossa Primeira Confraternização

Vamos festejar!

Vamos festejar!
Que delícia!